04 novembro 2010

Olhe para o céu

kinopoisk.ru-Hannah-Murray-1258267_large

Você mal sabe da minha existência, e eu vivo pela sua. Me mantém por perto, e nem percebe isso. Não chega a ser o vilão da história, mas faz sempre a mocinha sofrer. Caso você não saiba, histórias de amor não são assim. Você tem ela, e eu não tenho você. Quando a beija, posso sentir seus lábios sobre os meus. Juro, às vezes consigo sentir seu gosto. É bom, mas não o bastante. Quando eu olho no seus olhos, você me faz invisível. Talvez tenha algum tipo de super poder, ou seja só desatento mesmo. Eu sou sua estrela, e você nunca olha para o céu.

Rabiscado por  ­­Sah-p às 22:13

0 Comentário(s):

Postar um comentário